19:07 | Author: Mundo Zazen


Em uma corrida pela paz na Filadélfia, em 1966, um repórter perguntou-me, "Você é do Vietnã do Norte ou do Sul?" Se eu dissesse que era do norte, ele teria pensado que eu era pró-comunista, e se dissesse que era do sul, ele teria pensado que eu era pró-americano. Então respondi, "Eu sou do Centro".

Eu queria ajudá-lo a deixar suas noções e a encontrar a realidade que estava bem na frente ele. Esta é a linguagem do Zen.

Um monge Zen viu um belo ganso voando e quis compartilhar sua alegria com seu irmão mais velho, que estava caminhando ao lado dele. Mas por um momento, esse outro monge se abaixou para tirar uma pedra de sua sandália. Quando ele olhou para cima, o ganso já tinha ido. Ele perguntou, "O que você queria que eu visse?", mas o monge mais novo permaneceu em silêncio.

O mestre Tai Xu disse, "Enquanto a árvore estiver atrás de você, você poderá ver apenas a sua sombra. Se você quiser tocar a realidade, você deve se virar."
O "ensinamento de imagem" usa palavras e idéias. O "ensinamento de substância" comunica-se pelo modo em que você vive.

(Thich Nhat Hanh. The heart of the Buddha's teaching - transforming suffering into peace, joy, and liberation:
the four noble truths, the noble eightfold path and other basic Buddhist teachings. Broadway Books: New York, 1999. Pág. 55.)

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.
Bookmark and Share

0 comentários:

:)) ;)) ;;) :D ;) :p :(( :) :( :X =(( :-o :-/ :-* :| 8-} :)] ~x( :-t b-( :-L x( =))

Postar um comentário

Página Anterior Próxima Página Home
subir