18:22 | Author: Mundo Zazen


Meditar é uma maneira de fugir da pressão do dia-a-dia?
A Meditação é uma experiência de viver a vida na sua plenitude, não importando se é dolorosa ou prazerosa.

É abraçar a realidade e mergulhar tão profundamente no ato de viver, rompendo a barreira dos desejos materialistas.

A Meditação Ch'an é um treinamento com a finalidade de absorver a realidade, as dificuldades e o estresse do dia-a-dia, vivenciando plenamente a vida, tentando resolver seus problemas.

Ch'an não é uma tentativa de fuga da pressão do cotidiano, nem de disfarçar as dificuldades que surgem, é um aprendizado, um ShiouHsing, de observar como nosso comportamento reage a obstáculos e como somos, aceitando-nos para fazermos a transformação definitiva.

Meditar é só para religiosos? Meditar é religião?
Meditação não é religião, nem é só para religiosos, mas a figura do Mestre no Oriente é muito comum entre os monges ou sábios e eles são muito reverenciados por serem representantes de instituições, templos ou escolas de artes marciais, de pintura, escultura e de filosofia.

Sobretudo no costume oriental a imagem de Mestre, Shi Fu, é de alguém que indica o caminho que você deve seguir e não na figura de pai bondoso que te dá conforto e proteção.

E se eu descobrir que minha vida está errada? A Meditação é perigosa? Pode mudar a nossa vida? O que faço com o medo?
Tudo na vida é perigoso e cheio de riscos.
Viver é perigoso.

Dirigir na rua, voar de avião , viajar no mar é arriscado. Mesmo em casa você pode tropeçar e cair.
Tudo na vida envolve riscos, de sincronicidade condicional e causa e efeito, o YingUen.

Muitas vezes emoções encobertas por muitos anos podem provocar o medo de perder o controle, incapacidade de se defender, a mudança drástica do rumo de nossa vida.

O Ch'an é um processo suave e gradual que corrige devagar o rumo da nossa vida, que traz conscientização sobre nossa verdadeira natureza e realidade.

Entretanto, se quiser acelerar o processo de transformação, é conveniente buscar orientação individual.

Meditação é uma técnica de relaxamento?
Uma das conseqüências da Meditação Ch'an é um estado de relaxamento e tranqüilidade da Mente.
O relaxamento das tensões do cotidiano, a dissolução do stress e das mágoas do nosso coração são resultados perceptíveis.

Mas a proposta do Ch'an vai mais além.
Ch'an é Iluminação, a compreensão da vacuidade,a libertação do Ego.
É caminho de interiorização, da atentividade.

Na realidade, há procedimentos de relaxamento que enfocam a concentração da Mente, e a conduzem a repousar num objeto, numa imagem ou num tipo de pensamento.
Se a prática for adequada, o Meditante consegue tranqüilidade e paz interior muito grande, podendo atingir o êxtase

É por aqui que a maioria dos outros sistema ou técnicas estacionam e não avançam mais.

Meditação é entrar em transe?
Talvez em outros tipos de Meditação, mas não se aplica à Meditação Ch'an, ao treinamento Ch'an, ao ShiouHsing.
É uma interiorização, uma focalização para dentro do nosso Self, por isso não é hipnose, nem obliteração da Mente, muito menos, dispersão dos sentidos.

No ShiouHsing, nossa consciência se torna mais nítida e límpida, temos maior controle sobre as alterações emocionais do dia-a-dia, nos tornamos mais precisos e perspicazes.
Na auto-sugestão ou hipnose, a pessoa está sobre controle do outro, e como no Ch'an ocorre uma profunda observação de si, a pessoa fica sobre seu próprio controle, em estado de Kuang (atentividade).
Entretanto, se durante a Meditação você perder o controle ou sentidos, é porque não está treinando de acordo com a definição do sistema Ch'an.

Ch'an é o cultivo da atentividade e da observação da própria interiorização

Meditação significa isolamento, afastar-se do mundo materialista?
Aparentemente, o Meditante está isolado, passando horas sozinho, ele e a sua almofadinha, fugindo da realidade.
Será que ele não deveria estar fazendo obras de caridade, ajudando vítimas da guerra, vítimas da fome e v'timas do capitalismo selvagem, não deveria estar cuidando dos velhos e das crianças abandonadas?

O Meditante não está isolado e nem quer fugir do mundo materialista.
Ele está motivado pelo ShiouHsing, que significa purificar-se e harmonizar-se; sua vontade é Mahayana, o grande Veículo de travessia do sofrimento humano.
Mas antes de partir para obras sociais ou ajudar o próximo, o Meditante precisa controlar seu Ego, assim suas atitudes não se transformarão em ampliação do próprio prestígio e poder do Objeto Referência em ação.

O propósito do Meditante é dissolver da sua Mente sentimentos difíceis como desejo, rancor, impulso, preconceito, mágoa, lassidão.
Trabalhar duro na Meditação para conseguir abandonar a cobiça, a insensibilidade e o medo.
Enquanto não se desprender desses sentimentos primitivos, os empreendimentos feitos para os outros, muitas vezes, se transforma em negócio próprio.

Meditação favorece nobreza de pensamento e atitude sublime?
Não, a Meditação Ch'an não traz nenhum tipo de pensamento nobre ou sublime,Ch'an é a própria nobreza.
Existem alguns sistemas de Meditação de contemplação que focalizam a nobreza de atitude e nobreza de espírito como objetivo.
Na linhagem Ch'an, a nobreza de espírito e atitude são apenas um meio, não são finalidade.
Não podemos evitar que esses pensamentos apareçam, mas também não podemos nos apegar a eles.

Category: , |
You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.
Bookmark and Share

0 comentários:

:)) ;)) ;;) :D ;) :p :(( :) :( :X =(( :-o :-/ :-* :| 8-} :)] ~x( :-t b-( :-L x( =))

Postar um comentário

Página Anterior Próxima Página Home
subir