08:36 | Author: Mundo Zazen

Muitas pessoas dizem que é a prática da meditação que as mantém equilibrados e com sanidade mental. Isto se deve ao fato de que a meditação ajuda a observar a mente, sem se apegar, indo além dos limites do desejo e da aversão. É um exercício, e é também a expressão da integração e do equilíbrio. Eis aqui a sanidade mental. Além disso, é também um remédio natural para a frustração e a ansiedade inerentes às vidas fragmentadas e desconexas vividas por tantos de nós. A tensão, o medo e o estresse não vêm de fora. São condições meteorológicas internas que nós mesmos produzimos.

Tente soltar tudo por um momento. Faça uma inspiração profunda. Relaxe. Torne-se receptivo, permissivo, consciente. Suavize-se. Dê um descanso a si mesmo.Eu viajo muito, e para mim a meditação é uma grande forma de chegar aonde vou. Digamos que o avião esteja a seiscentas milhas por hora sobre o Atlântico. Eu paro, inspiro, sorrio, expiro e solto. Qualquer um pode fazer isso em qualquer lugar, por qualquer período de tempo, sem acreditar em nada. O passageiro ao meu lado nem percebe. Ninguém sabe o que estou fazendo, e ninguém liga. Mas os Budhas sabem, eu sei, e estamos de acordo. Isto é suficiente.

Eu acho natural, também, fazer Meditações Instantâneas de Um Minuto – que eu chamo de rapidinhas – de vinte e cinco a cem vezes por dia. Meus mestres Dzogchen diziam: “muitas rapidinhas em vez de poucas longas”. Assim mantemos a consciência renovada e clara.

A meditação não é uma questão de duração, mas de qualidade. Se for apenas por um breve momento, é quase como acender uma vela em um altar ou ver uma estrela cadente. Se estivermos distraídos ou preocupados, vai nos ajudar a relaxar, acalmar e focalizar. Se estivermos superaquecidos ou correndo, parece-se com uma brisa fresca durante uma caminhada abrasadora, ajudando a centrar e voltar ao momento presente. Se estamos entediados, inquietos, cheios de duvidas ou incertezas, ela ajuda a realçar e a afiar nossa percepção, clareando e estabilizando a mente.

Do livro "O despertar do buda interior"
de Lama Surya Das

Category: , |
You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.
Bookmark and Share

0 comentários:

:)) ;)) ;;) :D ;) :p :(( :) :( :X =(( :-o :-/ :-* :| 8-} :)] ~x( :-t b-( :-L x( =))

Postar um comentário

Página Anterior Próxima Página Home
subir