09:10 | Author: Mundo Zazen

Rinzai ((臨|済|宗); Japonês: Rinzai-shū, Chinês: línjì zōng) é uma das três escolas Zen budistas no Japão, as outras sendo a Soto e a Obaku. Rinzai é a linha japonesa da escola chinesa Linji, que foi fundada durante a dinastia Tang por Linji Yixuan (J.: Rinzai Gigen).


Pintura japonesa de Linji Yixuan (J.: Rinzai Gigen).

Embora tentou-se estabelecer linhagens Rinzai no Japão por diversas vezes, esta escola só conseguiu estabelecer-se através dos esforços do monge Myōan Eisai, após seu retorno da China em 1191. Eisai é portanto usualmente aceito como tendo transmitido os ensinamentos Rinzai ao Japão. A escola estabeleceu-se firmemente e alcançou uma identidade distintamente japonesa com Shuho Myocho (Daito Kokushi, 1283-1337) e Muso Soseki (1275–1351), mestres influentes que não foram à China estudar.

Características:
Rinzai Zen caracteriza-se pela ênfase dada ao kensho ("ver a própria verdadeira natureza", ou iluminação) como o principal caminho da prática budista e por sua insistencia na necessidade de vários anos de treinamento exaustivo após a iluminação para incorporar o funcionamento livre da sabedoria nas atividades da vida diária. Treinamento baseado no use de koans, os quais foram desenvolvidos em um alto grau por esta escola, é um dos caminhos para a obtenção do kensho. Em geral a escola Rinzai é conhecida pelo rigor e severidade de seus métods de treinamento.

O Zen Rinzai no Japão atual não possui uma única estrutura organizada. Encontra-se dividido em quinze ramos, conhecidos pelos nomes de seus templos principais. O templo maior e mais influente é o do ramo Myoshin-ji, cujo templo principal foi fundado em 1342 por Kanzan Egen Zenji (1277–1360). Outros ramos importantes incluem o Nanzen-ji e o Tenryū-ji (ambos fundados por Muso Soseki), Daitoku-ji (fundado por Shuho Myocho), e Tofuku-ji (fundado por Enni Ben'en, 1202-1280). Devemos notar que estes ramos são simplesmente divisões organizacionais que surgem devido à história do templo e da linhage mestre-discípulo e não representa divisões sectárias ou diferenças fundamentais na prática.


Myōan Eisai, fundador da escola Rinzai de Zen no Japão, séc. 12.

Desenvolvimentos posteriores:
Por volta do século XVIII a escola Rinzai entrou num período de estagnação e declínio. Nesta época, o monge Hakuin Ekaku (1686–1769) tornou-se proeminente como um revitalizador do Zen Rinzai, e seu métodos vigorosos abriram caminho para uma revitalização duradoura. A influência de Hakuin e de seus seguidores foi tanta que todos os mestres Rinzai atuais traçam sua linhagem através dele. A sistematização do sistema de treinamento por koan feita por Hakuin serve atualmente como base para a prática formal Rinza.

Várias linhas Rinzai foram transplantadas do Japão para a Europa, Américas e Austrália e praticantes não japoneses foram certificados como professores e sucessores destas linhagens. Templos Rinzai, bem como grupos de prática liderados por praticantes leigos, podem ser encontrados em muitos países.

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.
Bookmark and Share

0 comentários:

:)) ;)) ;;) :D ;) :p :(( :) :( :X =(( :-o :-/ :-* :| 8-} :)] ~x( :-t b-( :-L x( =))

Postar um comentário

Página Anterior Próxima Página Home
subir